Campanha de Prevenção e Atenção à Obesidade Infantil: orientações técnicas

Quarta-feira, 18 de outubro de 2023

Última Modificação: 18/04/2024 08:28:41 | Visualizada 244 vezes


Ouvir matéria

Uma das Ações do Proteja é realizar campanhas institucionais nos meios de comunicação de massa sobre a obesidade infantil.

 

A Estratégia de Prevenção e Atenção à Obesidade Infantil (PROTEJA), é uma iniciativa da Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição do Departamento de Promoção da Saúde da Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde (CGAN/DEPROS/SAPS/MS) que tem como objetivo deter o avanço da obesidade infantil e contribuir para a melhoria da saúde e da nutrição das crianças brasileiras.

 

A obesidade em crianças e adolescentes é um problema grave, que ocasiona repercussões deletérias importantes em crianças, adolescentes, jovens e adultos, além de sobrecarregar o SUS com altos custos relacionados ao tratamento do agravo e de suas complicações.

 

 

VEJA ABAIXO AS CARTILHAS COM AS ORIENTAÇÕES:

 

    GESTANTE - Clique aqui

 

    AMAMENTAÇÃO - Clique aqui

 

     ALIMENTOS - Clique aqui

 

    CRIANÇA - 0 A 2 ANOS - Clique aqui

 

    CRIANÇA - 2 A 10 ANOS - Clique aqui

 

    ORIENTAÇÕES TECNICAS - PROTEJA - Clique aqui

 

GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA

 

O Ministério da Saúde lançou em 2014 o novo GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA e em 2019 o GUIA ALIMENTAR PARA CRIANÇAS BRASILEIRAS MENORES DE 2 anos.

 

O GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA é um documento oficial do Ministério das Saúde, sendo fruto da cooperação técnica entre a Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição (CGAN), do MS, o Nupens/USP e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Ele orienta as pessoas a optarem por refeições caseiras e evitarem a alimentação em redes de fast food e produtos prontos que dispensam preparação culinária, como: macarrão instantâneo, pratos prontos congelados, molhos industrializados, misturas prontas para bolos, etc. Outras recomendações são o uso moderado de óleos, gorduras, sal e açúcar ao temperar e cozinhar alimentos, e o consumo limitado de alimentos processados (queijos, embutidos, conservas), utilizando-os, preferencialmente, como ingredientes ou parte de refeições. Na hora da sobremesa, o ideal é preferir as caseiras, dispensando as industrializadas.

 

Já o GUIA ALIMENTAR PARA CRIANÇAS BRASILEIRAS MENORES DE 2 anos apresenta recomendações e informações sobre alimentação de crianças nos dois primeiros anos de vida. Este tem como objetivo apoiar e incentivar as recomendações sobre aleitamento materno e introdução da alimentação complementar adequada e saudável no dia a dia. Este Guia seguiu os princípios apresentados no Guia Alimentar para a População Brasileira (2014), além dos fundamentos, valores e preceitos importantes para a elaboração das recomendações sobre alimentação infantil.

 

    GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA - Clique aqui

 

    GUIA ALIMENTAR PARA CRIANÇAS - 0 A 2 ANOS - Clique aqui

 

    PANFLETO COM ORIENTAÇÕES - Clique aqui

 

 

Para mais informações:
- Secretaria Municipal de Saúde
Rua Marechal Deodoro, 19
Tel.: (43) 93300-3096

 

- Taise Magri da Silva
Nutricionista
CRN8-5696

 Galeria de Fotos

 Veja Também

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta-Feira, das 7:30 às 11:30 - 13:00 às 17:00
Data da última atualização: 20/05/2024 15:04:52

Rua Pedro Domingues de Souza, 374 - Centro - CEP: 86330-000 - LEÓPOLIS - Paraná

Geral: (43) 3627-1361 / Licitação: (43) 3627-1429 prefeitura@leopolis.pr.gov.br

CNPJ: 75.388.850/0001-08